domingo, 31 de janeiro de 2016

De Janeiro a Janeiro

Os posts deste mês de janeiro tem sido bem musicais. Mas não poderia encerrar este mês sem essa ...



Existem canções que ao longo do tempo traz outro significado, talvez amadurecemos e compreendemos situações que antes pareciam distantes, ao nos depararmos com a realidade reconhecemos imediatamente o que antes não entendiamos.
Pode ser que as pessoas não entendam essa forma de viver o amor, um tanto quanto guardado, zeloso, subtendido, longínquo; mas com certeza compreendem a grandeza de um sentimento que não necessita de lógica nem tão pouco longas explicações.
Sigamos de janeiro a janeiro construindo sonhos e vendo o lado colorido da vida.
... E o meu desejo é que você esteja ao meu lado quando o mundo acabar, pois tenha certeza que eu te amarei de Janeiro a Janeiro.

Nos encontramos por aí ...

domingo, 24 de janeiro de 2016

Eu durmo e acordo sorrindo ...



Que o tempo e a distância não impeçam o que é verdadeiro de se realizar.
E a saudade que existe aqui dentro, seja a forma de te encontrar onde quer que esteja. 




sábado, 9 de janeiro de 2016

Se apega sim!

Me deparei com esse texto o qual me fez refletir...

Créditos na imagem
Não estou falando desses amores superficiais, ou "amor eterno" que passa 3 meses já quebrou o infinito, do fato de conhecer alguém e em menos de 1 semana já é o "amor da minha vida", dos amores por interesses, enfim,  falo de amor de verdade aqueles que ninguém consegue explicar, que são duradouros e constantes apesar de toda dificuldades. 
Gosto muito de um texto do Pe. Fábio que diz:"Amor, que é amor, dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor." ( Texto na íntegra )

E aí entra a história do desapego, é muito mais fácil "proteger" o coração e os sentimentos, do que encarar as dores de um amor, (Amar é correr riscos), numa triste ilusão acabamos perdendo o mais precioso da vida.
Viver e amar... mesmo que cause algumas cicatrizes, isso prova que houve uma oportunidade de doação seja da maneira que for.
Algumas pessoas passam pela nossa vida e deixam marcas eternas, acredito ser o mais sublime mistério humano e divino; talvez seja por um breve instante, num olhar, um sorriso, pode ser um fim de semana, alguns meses, anos ou uma vida inteira, não importa, o primordial é o amor que somos capazes de "amar", de doar,  isso nos torna pessoas mais perceptíveis a vida, afinal, tudo é passageiro o que levamos e o que deixamos é o que se torna eterno e se propaga pela história.
Talvez essa pessoa nem lembrará do sorriso, do cuidado, do colo, do  amor ... mas jamais esqueceremos daqueles olhos brilhantes, do sorriso mais gostoso, dos braços estendidos pedindo um abraço, da alegria na chegada, ou das lágrimas da partida, dos doces divididos, das brincadeiras, e até mesmo do apego mesmo que inconsciente mas com toda certeza o apego mais puro ... o amor!
O importante é o que levamos no coração ... isso ninguém, jamais, poderá tirar.

É o meu desejo pra você em 2016, se apegue, corra este risco!
Beijos e nos encontramos por aí ...
© Olhar de Anjo .
Todos os direitos reservados.
Ilustrado por: Bluemih .
Tecnologia do Blogger .