domingo, 17 de junho de 2018

Silêncio



     Dentre tantas expressões, frases, pensamentos, poemas, citações, resolvi criar minha própria identidade. Não sou poeta, nem compositora, mas confesso que no decorrer da vida, aprendi a compor canções que o coração inspira, redigir a vida com mais leveza, deixando que as cores invadam a minha existência.
     Ser artista da vida, consiste em simplesmente amar, saborear a saudade, experimentar a solidão, deixar as lágrimas caírem, dar tempo ao tempo.
     E quando chegar ao fim, o toque das mãos, o brilho do olhar, a sutileza do sorriso, o calor do abraço, será mais intenso!
     Assim escrevo, dia após dia minha história, se canto, se escrevo ou amo é porque um dia encontrei inspiração, quando minha voz se calou pra ouvir o que existia dentro do meu coração.



Nos encontramos por aí...

domingo, 3 de junho de 2018

Laços...

    

    Já dizia o poeta: "O amor é isso. Não prende, não aperta, não sufoca. Porque quando vira nó, já deixou de ser laço."
     Realmente amor é esse laço que uni, independente do tempo, da distância, dos corações quebrados, simplesmente existe e perdura.
     Laço o qual supera, suporta, ora, entende que por mais difíceis que possam parecer as coisas, sempre existe um abraço que conforta, um instante de paz e no meio do caos, aquele olhar que diz muito mais que palavras. Neste instante percebemos que o amor sempre existiu, sempre existirá, mesmo que sigamos caminhos diferentes, na sala de estar do coração sempre haverá uma cadeira com seu nome.
     Ficarei na espera, mesmo que vá... peço que volte, afinal é o laço que une, então deixo aberta a porta. E a certeza de que esse laço também enfeita o mais lindo presente que recebi!


Nos encontramos por aí...



domingo, 20 de maio de 2018

Encontros

     Inspiração que surge de olhares...
     Reconheço que alguns encontros mudam nossa história, seja do simples ao complexo, a vida é feita desses momentos...
     Alguns surgem como inspiração, seja na singeleza do olhar, do gesto que cativa ou de um sorriso.
     Percebo que a vida é feita dessas colisões, alguns breves, outros demorados, o mais importante que ao longo dessa estrada chamada vida, alguém esbarrará ou nos encontrará.
     Haverá sempre uma recordação a qual guardaremos no baú da memória.
     Assim os dias acabam tendo seu significado, de encontro em encontro vamos nos encontrando também, que beleza perceber que fazemos parte desse processo.
     Espero que haja reencontros, e a nova oportunidade de descobrir o que tem por detrás de um olhar e de um sorriso, das palavras e dos gestos.
     Leveza que quero para os meus dias, ter sabedoria de reconhecer que há muita vida escondidas nestes encontros e não deixar passar as oportunidades, principalmente os encontros que transformam olhares em poesia.





Nos encontramos por aí...

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Não importa o terreno, sempre é possível florescer...

Por: Matheus Nascimento



Talvez achemos estranha essa frase; seria realmente possível um terreno seco florescer? Gerar vida? A resposta é “sim”, por mais incoerente que nos pareça.
      Todo terreno é capaz de gerar vida e de florescer, até mesmo em lugares que consideramos impossíveis.  Até pouco se perguntava se haveria vida em marte, e muitos consideravam infértil essa possibilidade e logo se provou que não.  A grande questão não é se um terreno seco pode ou não vir a gerar vida, mas sim, o quão eu estou disposto a gerar vida em terra seca.
        Das muitas vezes e situações em nossas vidas nos sentimos assim, terras secas e sem vida, perdemos o ânimo, o vigor, a vontade de viver, achamos que o terreno de todo mundo floresce, observamos colheitas frutuosas em outros terrenos, e em nossa frustração vamos achando que nosso terreno é incapaz de tal, e acabamos caindo na morte em vida. Em tempos assim precisamos para e reconciliar-nos, analisar nosso solo e traçar estratégias para que possamos reflorescer. Não importa o terreno, sempre será possível florescer; folhagens diferentes? Sim! Mas cada uma com sua beleza e, principalmente, objetivo. Cada terreno gera vida diferente, é preciso acostumar-nos com novas folhagens, experiências. Já aprendemos isso na escola, um solo arenoso floresce uma espécie de folhagem de suma importância para ele, terras secas geralmente florescem folhagens rasteiras, mas cada qual com sua função e beleza. Fato é que no solo de nossas vidas, precisamos nos descobrir e florescer, processo que muitas vezes não é fácil, exige trabalho, adubagem, canalização de nova fonte de água, enfim, muitos processos; mas ficar olhando a colheita do solo ao lado não irá florescer o nosso. É preciso por a mão na terra, não sabemos o quão trabalhado o solo seco que hoje floresce lindamente foi, e olhá-lo achando que este ou aquele foi sortudo é engarmos a nós mesmos.
         Que todos nós possamos nas estações de nossas vidas florescermos conforme cada terra e cada tempo, pois há um tempo para tudo em nossas vidas, tempo de plantar, tempo de colher, tempo de nascer e tempo de morrer. O importante e mais precioso é sabermos plantar e colhermos os frutos de nossas vidas e saboreá-los com muito prazer. E lembre-se sempre: Não importa o terreno, sempre é possível florescer...



domingo, 6 de maio de 2018

Saber amar ...


       Riqueza contida no verso, nos ensina que amor é processo e de nada adianta ter amor se não somos capazes de rasgar nosso coração.
     Algumas vezes, existe o medo,  me incluo nesse dilema, mas percebo ao longo dos dias, que há beleza sim, em deixar-se encontrar, mesmo que o solo a ser pisado haja misérias, precisamos reconhecer e permitir ser encontrado. 
     Com certeza, encontraremos alguém disposto e que talvez já esteja na porta, esperando simplesmente um sorriso de boas vindas ou uma mão estendida pra adentrar neste universo um tanto quanto escuro e quem sabe assim levar um pouco de luz e de amor, amor que também é capaz de cicatrizar as feridas do passado, e cuidar.
     Reconhecemos a necessidade de sermos cuidados, lançar fora toda pretensão e prepotência, somos todos humanos e cientes da nossa fragilidade.
     Desejo que você encontre alguém que veja além da epiderme e toque profundamente seu coração e que num simples olhar seja capaz de tocar sua alma.
     Não tenha medo! Seja corajoso (a) o suficiente para permitir que esta dádiva do amor te encontre.

Nos encontramos por aí...




segunda-feira, 23 de abril de 2018

Entre sorrisos e flores.


E tem dias na vida, que a gente só precisa de um sorriso no rosto e a certeza de que Deus cuida de nós, assim como cuida das flores.
No momento certo, tudo se encaminha, se encaixa e como na natureza existe um tempo para plantar, cuidar ... Existe também o tempo da colheita!
Coração grato continua sendo o caminho mais simples para felicidade!

Nos encontramos por aí...


domingo, 25 de março de 2018

Nossa conversa


"Mas quando eu falo de amor por aí  é pensando em você! "

Aquela música que a gente ouve pela manhã e fica na cabeça durante o dia todo.
A canção que fala um pouco de mim, de você, de nós!

Nos encontramos por aí...


© Olhar de Anjo .
Todos os direitos reservados.
Ilustrado por: Bluemih .
Tecnologia do Blogger .